​Facebook

​​

 

© 2013 - Todos os direitos reservados ao Criadouro Horizonte

  • facebook-square

Siga - nos na rede social

Criadouro Horizonte

contato@criadourohorizonte.com.br

 

       (19) 9 9839.9577

       (19) 9 9767.1819

       (19) 3577.1121

       (19) 3577.1474

 

Corumbataí/ São Paulo

Veja abaixo todas as espécies de Roselas criadas no Horizonte

Nome popular: Rosela eximius
Nome científico: Platycercus eximius
Descrição: Essas aves são muito coloridas, apresentando a cabeça vermelha com mancha branca sob o bico e seu corpo tem plumagem verde, amarela,azul, vermelha e preta. Tamanho oscilando entre 29 e 34 cm e um peso entre 90 e 120 g. A fêmea é um pouco menor que o macho e possui o tom mais avermelhado na cabeça e um verde mais escuro na nuca.
Distribuição: São encontradas numa área litorânea do sudeste da Austrália.
Hábitos: Habitam uma grande variedade de áreas como florestas abertas, plantações, locais próximos a cidades. Freqüentemente encontrada em pares ou em pequenos grupos.
Reprodução: Costumam botar de 6 a 8 ovos por postura e os incubam por aproximadamente 18 dias. Os filhotes dão seu primeiro vôo após 33 dias.
Dieta: Na natureza, alimentam-se de grãos e sementes. Podem também comer insetos e larvas. Em cativeiro, recomenda-se oferecer ração comercial específica, sementes, grãos e algumas frutas.
Longevidade: Podem chegar a 20 anos.
Curiosidades: São boas aves de estimação, pois, se forem cuidadas com delicadeza, tornam-se muito dóceis. São aves muito ativas e seu canto é bem variado e agradável. Só se tornam agitadas quando assustadas.

ROSELA EXIMIUS

ROSELA EXIMIUS LUTINA

Nome popular: Rosela eximius
Nome científico: Platycercus eximius
Descrição: Essas aves são muito coloridas, apresentando a cabeça vermelha com mancha branca sob o bico e seu corpo tem plumagem verde, amarela,azul, vermelha e preta. Tamanho oscilando entre 29 e 34 cm e um peso entre 90 e 120 g. A fêmea é um pouco menor que o macho e possui o tom mais avermelhado na cabeça e um verde mais escuro na nuca.
Distribuição: São encontradas numa área litorânea do sudeste da Austrália.
Hábitos: Habitam uma grande variedade de áreas como florestas abertas, plantações, locais próximos a cidades. Freqüentemente encontrada em pares ou em pequenos grupos.
Reprodução: Costumam botar de 6 a 8 ovos por postura e os incubam por aproximadamente 18 dias. Os filhotes dão seu primeiro vôo após 33 dias.
Dieta: Na natureza, alimentam-se de grãos e sementes. Podem também comer insetos e larvas. Em cativeiro, recomenda-se oferecer ração comercial específica, sementes, grãos e algumas frutas.
Longevidade: Podem chegar a 20 anos.
Curiosidades: São boas aves de estimação, pois, se forem cuidadas com delicadeza, tornam-se muito dóceis. São aves muito ativas e seu canto é bem variado e agradável. Só se tornam agitadas quando assustadas.

ROSELA EXIMIUS VERMELHA

Nome popular: Rosela eximius
Nome científico: Platycercus eximius
Descrição: Essas aves são muito coloridas, apresentando a cabeça vermelha com mancha branca sob o bico e seu corpo tem plumagem verde, amarela,azul, vermelha e preta. Tamanho oscilando entre 29 e 34 cm e um peso entre 90 e 120 g. A fêmea é um pouco menor que o macho e possui o tom mais avermelhado na cabeça e um verde mais escuro na nuca.
Distribuição: São encontradas numa área litorânea do sudeste da Austrália.
Hábitos: Habitam uma grande variedade de áreas como florestas abertas, plantações, locais próximos a cidades. Freqüentemente encontrada em pares ou em pequenos grupos.
Reprodução: Costumam botar de 6 a 8 ovos por postura e os incubam por aproximadamente 18 dias. Os filhotes dão seu primeiro vôo após 33 dias.
Dieta: Na natureza, alimentam-se de grãos e sementes. Podem também comer insetos e larvas. Em cativeiro, recomenda-se oferecer ração comercial específica, sementes, grãos e algumas frutas.
Longevidade: Podem chegar a 20 anos.
Curiosidades: São boas aves de estimação, pois, se forem cuidadas com delicadeza, tornam-se muito dóceis. São aves muito ativas e seu canto é bem variado e agradável. Só se tornam agitadas quando assustadas.

​EXIMIUS  - MUTAÇÕES:  Comum - Vermelha – Canela - Canela Vermelha – Lutina -  Rubina 

ROSELA EXIMIUS RUBINA

Nome popular: Rosela eximius
Nome científico: Platycercus eximius
Descrição: Essas aves são muito coloridas, apresentando a cabeça vermelha com mancha branca sob o bico e seu corpo tem plumagem verde, amarela,azul, vermelha e preta. Tamanho oscilando entre 29 e 34 cm e um peso entre 90 e 120 g. A fêmea é um pouco menor que o macho e possui o tom mais avermelhado na cabeça e um verde mais escuro na nuca.
Distribuição: São encontradas numa área litorânea do sudeste da Austrália.
Hábitos: Habitam uma grande variedade de áreas como florestas abertas, plantações, locais próximos a cidades. Freqüentemente encontrada em pares ou em pequenos grupos.
Reprodução: Costumam botar de 6 a 8 ovos por postura e os incubam por aproximadamente 18 dias. Os filhotes dão seu primeiro vôo após 33 dias.
Dieta: Na natureza, alimentam-se de grãos e sementes. Podem também comer insetos e larvas. Em cativeiro, recomenda-se oferecer ração comercial específica, sementes, grãos e algumas frutas.
Longevidade: Podem chegar a 20 anos.
Curiosidades: São boas aves de estimação, pois, se forem cuidadas com delicadeza, tornam-se muito dóceis. São aves muito ativas e seu canto é bem variado e agradável. Só se tornam agitadas quando assustadas.

ROSELA ADCITUS


Nome Popular: Rosella Adscitus

Nome Científico: Platycercus a. adiscitus
Distribuição: Península de Cape York, Queensland, Austrália, fica sobreposta com a palliceps no Planalto de Atherton.
Descrição: À parte de cima da cabeça, a nuca e as penas que cobrem os ouvidos são amarelas claras, a parte superior das bochechas e a região das narinas são brancas, a parte mais baixa das bochechas e a região coberta pelas asas são azuis violetas, a parte superior do peito é amarelo claro, em muitos pássaros fica misturado com azul, a parte mais baixa do peito e o abdômen são azuis claros e dos lados são azuis esverdeados misturados com amarelo, as penas do peito e do abdômen tem um fino bordo escuro, as penas da nuca, das costas e do ombro são pretas e tem um bordo largo amarelo claro, tornando-se azul esverdeado claro nos ombros, a dobra da asa é azul violeta claro, a parte mais baixa das costas é azul esverdeada, as penas da região mais alta coberta pelo rabo tem um vistoso amarelo azulado e um fino bordo escuro, a região coberta pelo rabo é vermelha, as penas da parte mediana de cima do rabo são verdes com uma tonalidade cobre escura tornando-se azul escuro nas pontas, as penas externas do rabo são azuis claras com a base azul escuro e as pontas claras, o lado inferior do rabo é azul claro, o bico é cinza claro, o círculo ao redor dos olhos é estreito e cinza, sua íris é marrom escuro e os pés são cinzas escuros.
Comprimento: 30 cm.

Nome popular: Rosela elegans
Nome científico: Platycercus elegans
Descrição: São vermelhas com traços de azul e preto nas asas e mancha azul sob o bico. Há poucas diferenças entre machos e fêmeas, sendo que esta é menor e possui bico mais estreito.
Tamanho: 32 a 37 cm.
Peso: 110 a 170 g.
Distribuição: Originária de uma pequena área no sudeste da Austrália.
Reprodução: Botam de 3 a 8 ovos por postura e os incubam por aproximadamente 21 dias. Enquanto a fêmea incuba os ovos, o macho a alimenta duas vezes ao dia. Depois que o filhote nasce o macho também o alimenta. Após 5 semanas o filhote dá seu primeiro vôo.
Longevidade: Vivem pelo menos anos.
Conservação: A população é grande com cerca de 200.000 indivíduos, mas habitam áreas restritas. São consideradas pragas na agricultura.
Curiosidades: São boas aves de estimação, pois, se forem cuidadas com delicadeza, tornam-se muito dóceis. São aves muito ativas e seu canto é bem variado e agradável. Só se tornam agitadas quando assustadas.

ROSELA PENNAN/ ELEGANS

ROSELA EXIMIUS CANELA

Nome popular: Rosela eximius
Nome científico: Platycercus eximius
Descrição: Essas aves são muito coloridas, apresentando a cabeça vermelha com mancha branca sob o bico e seu corpo tem plumagem verde, amarela,azul, vermelha e preta. Tamanho oscilando entre 29 e 34 cm e um peso entre 90 e 120 g. A fêmea é um pouco menor que o macho e possui o tom mais avermelhado na cabeça e um verde mais escuro na nuca.
Distribuição: São encontradas numa área litorânea do sudeste da Austrália.
Hábitos: Habitam uma grande variedade de áreas como florestas abertas, plantações, locais próximos a cidades. Freqüentemente encontrada em pares ou em pequenos grupos.
Reprodução: Costumam botar de 6 a 8 ovos por postura e os incubam por aproximadamente 18 dias. Os filhotes dão seu primeiro vôo após 33 dias.
Dieta: Na natureza, alimentam-se de grãos e sementes. Podem também comer insetos e larvas. Em cativeiro, recomenda-se oferecer ração comercial específica, sementes, grãos e algumas frutas.
Longevidade: Podem chegar a 20 anos.
Curiosidades: São boas aves de estimação, pois, se forem cuidadas com delicadeza, tornam-se muito dóceis. São aves muito ativas e seu canto é bem variado e agradável. Só se tornam agitadas quando assustadas.

ROSELA EXIMIUS CANELA VERMELHA

Nome popular: Rosela eximius
Nome científico: Platycercus eximius
Descrição: Essas aves são muito coloridas, apresentando a cabeça vermelha com mancha branca sob o bico e seu corpo tem plumagem verde, amarela,azul, vermelha e preta. Tamanho oscilando entre 29 e 34 cm e um peso entre 90 e 120 g. A fêmea é um pouco menor que o macho e possui o tom mais avermelhado na cabeça e um verde mais escuro na nuca.
Distribuição: São encontradas numa área litorânea do sudeste da Austrália.
Hábitos: Habitam uma grande variedade de áreas como florestas abertas, plantações, locais próximos a cidades. Freqüentemente encontrada em pares ou em pequenos grupos.
Reprodução: Costumam botar de 6 a 8 ovos por postura e os incubam por aproximadamente 18 dias. Os filhotes dão seu primeiro vôo após 33 dias.
Dieta: Na natureza, alimentam-se de grãos e sementes. Podem também comer insetos e larvas. Em cativeiro, recomenda-se oferecer ração comercial específica, sementes, grãos e algumas frutas.
Longevidade: Podem chegar a 20 anos.
Curiosidades: São boas aves de estimação, pois, se forem cuidadas com delicadeza, tornam-se muito dóceis. São aves muito ativas e seu canto é bem variado e agradável. Só se tornam agitadas quando assustadas.